Origem do Homem
 Evolução Humana
 Tempo Histórico
 Períodos da História
 Grandes Civilizações
 Descobrimento do Brasil
 Território Brasileiro
 Três Poderes
 Guerra do Paraguai
 Guerra Fria
 Primeira Guerra Mundial
 Segunda Guerra Mundial
 Revolução Russa
 Guerra dos Canudos
 Revolução Farroupilha
 Inconfidência Mineira
 Laifis de História
 Mais Conteúdos [+]

 Exercícios Resolvidos
 Provas de Vestibular
 Simulados On-line
 Jogos On-line

 Área dos Professores
 Atualidades
 Profissão Historiador
 Dicionário de História
 História Ilustrada
 Personalidades Históricas
 Resumos

 Curiosidades
 Lendas & Mitos
 Links Úteis
 Datas Comemorativas
 Efemérides
 Hoje na História
 Indicação de Livros
 Indicações de Filmes
 Vídeos
 Textos dos usuários
 Hinos
 Mapas Históricos
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

Confúcio


Filósofo chinês (551-479 a.C.). Criou um sistema filosófico seguido por mais de cinco milhões de pessoas atualmente.

 

Considerado um dos mais importantes filósofos chineses, Confúcio nasceu onde hoje fica a província Xantung, no nordeste da China. Seu pai morreu quando ele era tinha apenas três anos de idade e, por isso, ele e sua mãe chegaram até a passar algumas dificuldades. Ele foi professor e estudou história e arqueologia e chegou a visitar Lao Tsé, quando este trabalhava nos arquivos da corte na província de Honan. Embora influenciado por Lao Tsé e pelo Taoísmo, Kung Fu Tsé decidiu seguir um caminho alternativo. A sua filosofia não está tão preocupada com a vida após a morte, como os hinduístas ou taoístas, por exemplo, e sim mais voltada às relações harmoniosas entre as pessoas, os membros da família ou mesmo na sociedade.


Seguindo carreira como filósofo da corte, Kung exortou os governantes chineses a "governarem pela virtude interior" para ganhar o respeito de seus súditos e dar um exemplo para que as pessoas pudessem seguir. O sábio chinês não aprovava a tirania e, acreditava que o Estado existe para benefício do povo, e não o contrário. Como escritor, Kung compilou poemas, estórias e lendas e as reuniu numa série de livros que ainda hoje sobrevivem como clássicos da literatura chinesa. Entre eles estão o Livro dos Poemas, o Livro da História, o Livro das Etiquetas e o Livro das Mutações (o I Ching).


Depois de sua morte, seus escritos continuaram a ser lidos e influenciaram muita gente. Ele acabou sendo descoberto pelos europeus, que publicaram seus trabalhos sob o nome latinizado de Confúcio.


O Confucionismo é hoje uma religião praticada por cinco milhões de pessoas, a maioria delas na Ásia. Ocupa o sexto lugar entre as fés mais seguidas no mundo, embora seja mais um sistema ético do que uma religião. Os princípios do Confucionismo incluem, entre outros, o respeito em relação à família e à sociedade, a fidelidade aos dirigentes e deferência aos superiores, a justiça moral e social e virtude suprema do altruísmo e benevolência.

 

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale conosco

Copyright © 2009-2017 Só História. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.